Estes são os procedimentos de cirurgia plástica realizados pela clínica de cirurgia plástica DA VINCI.

-

Lipoaspiração

-

A Lipoaspiração é uma boa opção para eliminar o depósito de gordura localizada que não é solucionado através de dietas ou exercícios físicos, trazendo satisfação às pessoas que se preocupam com a sua aparência corporal.

Pré operatório

-

CUIDADOS

Comunicar seu médico em caso de gripe, menstruação, indisposição, alterações psicológicas ou físicas, até dois dias antes da cirurgia.

Evitar a ingestão de refeições pesadas ou bebidas alcoólicas no dia que anteceder a cirurgia.

Evitar administração de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirina) anti-inflamatórios e antifúngicos, pelo período de 10 dias antes da cirurgia.

Adiar seus compromissos indispensáveis para, pelo menos, duas ou três semanas após a cirurgia.

ANESTESIA

Podem ser utilizadas as anestesias do tipo peridural ou local assistida (com sedação feita por anestesista) nesse procedimento.

ATO CIRÚRGICO

O tempo da cirurgia remoção de excessos de gordura localizada pode durar cerca de uma hora a três horas, de acordo com o tamanho e volume da região a ser tratada.

IDADE

Apresentando as condições clínicas exigidas, não existe uma idade determinada para a Lipoaspiração e sim o momento ideal, que é determinado pelo surgimento da imperfeição a ser corrigida. A Lipoaspiração retira a gordura localizada, ou seja, aquela camada de células mais profundas que não são alteradas através da perda ou ganho de peso. Coxas e tronco são as áreas mais atingidas por esse acúmulo de gordura localizada, mas outras regiões também podem ser acometidas. Para realizar a remoção de excessos de gordura localizada o paciente deverá apresentar uma relação normal entre altura e peso, além de ter acúmulos gordurosos e boa elasticidade da pele, já que cirurgia não proporciona o emagrecimento. Como a deposição de gordura na formação do contorno corporal acontece na adolescência, não se recomenda a Lipoaspiração em pacientes menores de 15 ou 16 anos.

INTERNAÇÃO

O tempo de permanência está limitado ao procedimento cirúrgico e à recuperação anestésica, podendo variar de quatro a oito horas. Não há necessidade de internação.

PESO

A redução de peso acontece de forma variável, de acordo com o volume corporal de cada pessoa. Entretanto, o resultado final não é consequência dos quilos retirados e sim a simetria que as regiões operadas mantêm com o resto do corpo. Quando o paciente está acima do peso normal, é necessário um equilíbrio prévio quanto ao peso. O resultado é avaliado a partir de três pontos: qualidade e elasticidade da pele, quantidade de gordura e localização desta. A pele pouco elástica pode limitar a retirada de gordura, para que o resultado não seja a flacidez.

GRAVIDEZ

O procedimento não poderá ser realizado em gestantes.

Pós operatório

-

RESULTADO

Pontos densos e inchaços podem caracterizar as áreas manipuladas nas primeiras semanas, desaparecendo depois do terceiro mês, normalmente. Seguindo as recomendações médicas, como drenagens linfáticas, e os exercícios para modelagem, previamente orientados, o resultado definitivo é alcançado. Antes de seis ou nove meses após a Lipoaspiração não é aconselhável considerar o resultado definitivo.

CUIDADOS

Dieta leve ao final do dia e normal após 24 horas.

Até a primeira revisão (após uma semana) a meia elástica e a cinta compressiva colocadas após a Lipoaspiração deverão ser mantidas.

Os grandes esforços devem ser evitados por pelo menos oito dias.

Evitar exposição da região operada ao sol um mês até o completo desaparecimento dos roxos.

Evitar subir escadas longas.

Retornar ao consultório para acompanhamentos posteriores até a liberação (alta) pelo cirurgião plástico.

Obedecer a todas as prescrições e orientações do seu médico.

Esclarecer todas as dúvidas somente com a equipe cirúrgica.

Regimes e dietas só poderão ser retomados com liberação médica.

EXERCÍCIOS

Recomendados somente depois de um mês, para dar tempos para cicatrização completa dos tecidos.

BANHO

Somente após uma semana, depois de retirar a cinta, o banho completo estará liberado.

CURATIVOS

Os curativos são semi-compressivos, utilizados juntamente com meias elásticas e cintas especiais, pelo período de três a quatro semanas pós cirurgia.

DOR

A percepção da dor varia de pessoa para pessoa. Durante os primeiros dias são registrados incômodos ao toque. Os desconfortos maiores deverão ser repassados ao médico, que poderá prescrever medicações convencionais para o alívio dos mesmos.

PONTOS

A partir do quarto até o sétimo dia pós cirurgia, os pontos das incisões menores podem ser removidos.

COMPLICAÇÕES

O cirurgião deverá orientar o paciente sobre o volume de gordura a ser retirado, evitando riscos durante e após o procedimento. Quando realizadas dentro dos critérios técnicos, a Lipoaspiração raramente apresenta complicações.

RECUPERAÇÃO

A cinta compressiva e as meias elásticas ajudam a controlar o inchaço intenso durante os primeiros quinze dias. É recomendado repouso de três dias em casa, movimentando as pernas de forma constante e ingerindo uma boa quantidade de líquidos. Por uma ou duas semanas as regiões operadas poderão apresentar manchas roxas ou vermelhas. Considera-se o resultado definitivo da Lipoaspiração somente após seis ou nove meses pós procedimento.

MITOS E VERDADES

A remoção de excessos de pele e gordura do abdome não costuma trazer muitas dores ao paciente e o desconforto pode ser amenizado com analgésicos comuns, receitados pelo seu médico.

CICATRIZ

O tamanho das cicatrizes são mínimos e podem variar entre 4 a 6 milímetros. Todas ficam em regiões discretas do corpo. Veja as fases de evolução da cicatriz:

PERÍODO IMEDIATO: Pode apresentar sensíveis reações ao curativo ou pontos, mas tem aspecto bonito e discreto durante o primeiro mês.

PERÍODO MEDIATO: De um mês a um ano, ocorre o espessamento natural da cicatriz, com sensível avermelhamento, que clareia gradativamente.

PERÍODO TARDIO: A cicatriz fica mais clara e mais suave, chegando ao resultado definitivo no período de um ano a um ano e meio. É neste momento em que a paciente deverá fazer as avaliações.