Estes são os procedimentos de cirurgia plástica realizados pela clínica de cirurgia plástica DA VINCI.

-

Mamoplastia

-

É a cirurgia de transformação das mamas. O objetivo pode ser aumentar o volume, através de gordura do corpo da própria paciente ou por próteses, reduzir ou elevar a glândula, sem alterar sua função.

Pré operatório

-

CUIDADOS

Comunique seu médico até um dia antes da cirurgia em caso de indisposição, gripe antecipação do período menstrual.

Evitar a ingestão de refeições pesadas ou bebidas alcoólicas no dia que anteceder a cirurgia.

Evitar administração de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirina) anti-inflamatórios e antifúngicos, pelo período de 10 dias antes da cirurgia.

Adiar seus compromissos indispensáveis para, pelo menos, duas ou três semanas após a cirurgia.

INTERNAÇÃO

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: Sem necessidade de internação.

MAMOPLASTIA REDUTORA: Sem necessidade de internação.

PESO

É recomendada a redução de peso, caso seja necessário, antes da Mamoplastia.

PROTESE

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: Pode ser feita com ou sem o uso de próteses. A gordura retirada da própria paciente é tratada e aplicada entre as camadas da glândula mamária no procedimento de aumento da mama, sem próteses. Não deixa material sintético no organismo, não altera a função mamária nem interfere na realização de exames radiológicos de prevenção, em contrapartida, não permite aumentos maiores.

MAMOPLASTIA REDUTORA: Sem uso de prótese.

ANESTESIA

A anestesia será definida pelo cirurgião: local, geral, peridural ou associada.

ATO CIRÚRGICO

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: Dura, em média, de uma hora e meia a duas horas.

MAMOPLASTIA REDUTORA: Dura, em média, de duas horas e meia a quatro horas.

IDADE

Deve ser realizada somente após o completo desenvolvimento das mamas.

GRAVIDEZ

Gestantes não poderão realizar aumento ou redução das mamas.

Gravidez após cirurgia de Mamoplastia:

Uma nova gravidez, normalmente, não interfere no resultado obtido, pois a Mamoplastia é feita, geralmente, na parte externa do tecido mamário.

Cabe ao seu ginecologista definir se é possível ou não uma gravidez. O resultado obtido com o aumento ou redução das mamas pode ser mantido, se a alteração de peso da paciente for controlada por um especialista. Uma redução acentuada poderá comprometer a lactação. Em alguns casos, o sustento da pele mamária poderá apresentar redução.

Pós operatório

-

RECUPERAÇÃO

A paciente deverá dormir de barriga para cima, durante um mês após a cirurgia e, nos seis primeiros meses, utilizar sutiã modelador.

COMPLICAÇÕES

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: A cápsula fibrosa normal, formada em volta da prótese pode sofrer retração exagerada, tornando a região endurecida ao toque. Atualmente, o uso de próteses modernas, evita esse sintoma.

MAMOPLASTIA REDUTORA: Alterações nos mamilos ou abertura da cicatriz (em partes) acontecem eventualmente, mas devido a algum esforço ou particularidade orgânica da paciente. Essas alterações poderão ser corrigidas posteriormente.

MITOS E VERDADES

Uma viagem de avião poderá rasgar ou rebentar a prótese? A resposta é não.

Um implante mamário pode causar câncer?

Não, absolutamente. Não há qualquer associação entre os implantes mamários e o câncer, comprovadamente.

CUIDADOS

Os esforços devem ser evitados por pelo menos quinze dias.

Evitar o movimento em excesso dos braços. Seguir as instruções sobre a movimentação dos membros superiores, dadas no momento da alta.

Evitar exposição da região operada ao sol por dois meses.

Obedecer a todas as prescrições e orientações do seu médico.

A alimentação pode ser normal, exceto em casos específicos, sob orientação médica.

Retornar ao consultório médico para troca de curativos e controle pós-cirúrgico.

Esclarecer todas as dúvidas somente com a equipe cirúrgica.

PONTOS

Os pontos são absorvidos naturalmente pelo organismo.

CICATRIZ

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: A entrada das próteses pode ser feita através do mamilo, no sulco inferior da mama ou pelas axilas, por isso as cicatrizes variam de acordo com isso.

MAMOPLASTIA REDUTORA: As cicatrizes da mamoplastia redutora costumam ficar em volta do mamilo, no sulco inferior da mama, com uma parte vertical unindo as duas (formato de "âncora"). Elas adquirem aspecto discreto se os cuidados forem adequados.

EXERCÍCIOS

O paciente deverá evitar esforços, retomando as atividades físicas intensas com os membros superiores somente um mês ou 45 dias após a Mamoplastia. Os exercícios para os membros inferiores, sem impacto, podem ser retomados a partir do décimo dia.

BANHO

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: A área da cirurgia deverá ser preservada durante a primeira semana, aguardando a liberação médica após a primeira revisão.

MAMOPLASTIA REDUTORA: Durante três semanas a área operada não deverá ser molhada, limitando o banho às partes essenciais.

TRABALHO

Retornar somente duas semanas após o procedimento, dependendo da atividade realizada.

DOR

O desconforto pode ser amenizado com analgésicos comuns, receitados pelo seu médico.

CURATIVOS

Os primeiros curativos permanecerão por uma semana, momento em que serão trocados pela equipe médica. Nos seis meses seguintes, a cicatriz ficará coberta por uma fita microporosa.

RESULTADOS

MAMOPLASTIA DE AUMENTO: O formato das mamas aumentará em volume e a consistência será aperfeiçoada, com a Mamoplastia. O volume final pode ser escolhido, devido à grande quantidade de formatos de prótese disponíveis. O importante é manter a simetria e a harmonia estética entre o tamanho do tórax e o volume das mamas, fator que será definido no planejamento da Mamoplastia. O resultado definitivo da intervenção poderá ser percebido após o 18º mês após o procedimento, período em que a mama passará por diversos estágios de evolução.

MAMOPLASTIA REDUTORA: A redução de mama tem como objetivo deixar as mamas menores e mais firmes. A prática de esportes ou qualquer atividade física fica mais confortável após o procedimento que retira o excesso de peso das mamas. Inicialmente, as incisões da Mamoplastia redutora apresentarão uma cor avermelhada, mas esse aspecto melhora com o tempo. Como as linhas de incisão podem ficar visíveis – fato que altera de paciente para paciente – o cirurgião plástico realiza a intervenção em locais que poderão ser disfarçados, mesmo com o uso de roupas decotadas