PEELINGS

Irregularidades, Rugas, Cicatrizes e Manchas da Pele

Tratamento das irregularidades, rugas,cicatrizes, e manchas de pele, através de laser, dermoabrasão, TCA ou ácido glicólico.

Informações e Dúvidas Frequentes:

Peelings

Através do uso de substâncias químicas, abrasivas ou laser sobre a pele, o médico consegue a reversão de várias alterações como manchas, rugas, melhora da elasticidade, com uma renovação importante do aspecto e conseguindo um rejuvenescimento considerável.

 

Peeling Químico

A epiderme envelhecida é removida no peeling químico e substituída por uma camada nova de colágeno. A regeneração da epiderme começa em 48 h e em geral, está concluída em torno do 7° dia. As alterações da derme demoram mais tempo até chegar ao resultado final pleno. Algumas complicações podem decorrer deste procedimento, como vermelhidões, manchas esparsas, formação de cicatrizes, etc. Entre os diversos tipos de peelings químicos citaremos o peeling de fenol, o de acido tricloroacético e o de ácido glicólico.

O peeling químico é uma técnica usada para melhorar a aparência da pele. Uma solução química é aplicada na pele, provocando a sua separação, descamação e o surgimento de uma nova pele mais lisa e menos enrugada que a pele antiga. E ela ainda pode ser igualada na cor.

Milhões de peelings químicos são feitos todo ano. Os dermatologistas têm usado vários agentes descamativos por décadas e são especialistas na realização de todos os tipos desta cirurgia química. Hoje em dia, o crescente interesse da população por rejuvenescimento da pele e atraso no processo de envelhecimento, torna o peeling químico um procedimento muito atraente. Os resultados do peeling químico também podem ser ainda mais otimizados com o uso de novas técnicas de rejuvenescimento a base de laser. Antes de optar pelo peeling químico, solicite uma avaliação completa da sua pele.

 

O que faz um peeling químico?

O peeling químico é usado para tratar rugas finas, especialmente debaixo dos olhos e em volta da boca. As rugas causadas pelo sol, idade e fatores hereditários podem ser reduzidas ou mesmo eliminadas por este procedimento. As depressões, saliências e rugas mais profundas não respondem ao peeling e podem necessitar de outros procedimentos cosméticos ou cirúrgicos. Um dermatologista pode ajudar a determinar o tipo de tratamento mais apropriado para cada caso.

Cicatrizes leves e certo tipos de acne também podem ser tratadas com o peeling químico. Além disso, a pigmentação da pele na forma de:

- manchas de sol;

- manchas por causa da idade;

- manchas por causa do fígado;

- sardas;

- manchas por causa da pílula anti-concepcional;

- pele sem brilho e sem textura podem ser beneficiadas com o

- peeling químico. As áreas da pele que foram danificadas pelo sol e

- lesões escamantes também melhoram após este peeling. Filtros e

- bloqueadores solar devem ser usados para diminuir as chances do

- reaparecimento das lesões.

 

Como é feito um peeling químico?

Face, pescoço, peito, mãos e pernas podem receber o peeling químico, que pode ser superficial, médio ou profundo, dependendo do estado da pele. Como regra, quanto mais profundo for o peeling, maior será o tempo de recuperação.

Antes do tratamento, as instruções podem incluir o desuso de certos medicamentos e a preparação da pele com cremes pré-condicionadores.

Um peeling químico é realizado normalmente no consultório. A pele é limpa com um agente que remove os excessos de óleo e os olhos e o cabelo são protegidos. Uma ou mais soluções químicas como ácido glicólico, ácido tricloroacético, ácido salicílico, ácido láctico ou ácido carbólico (fenol) são usados. Seu dermatologista sugerirá qual agente descamante é apropriado para você. A escolha é baseada no tipo de dano que a pele apresenta e no resultado desejado.

Durante o peeling químico o médico aplica a solução nas várias áreas que serão tratadas. Estas aplicações descamam as camadas da pele, fazendo com que uma pele rejuvenescida apareça.

A maioria dos pacientes sente, durante o procedimento, uma sensação de morna para quente, que pode durar de cinco a dez minutos. Esta sensação pode ser seguida por outra, de ardência. Um peeling mais profundo pode ser mais dolorido e requer medicamentos durante ou após o procedimento.

 

O que se deve esperar após o tratamento com peeling químico?

Dependendo do tipo de peeling, o paciente pode sentir um leve ou severo ardor na pele, como se estivesse queimado de sol. As descamações superficiais normalmente ocasionam vermelhidão, que pode durar de três a cinco dias.

As descamações médias ou profundas podem, algumas vezes, provocar inchaço e bolhas que, se se romperem, formarão cascas, ficarão castanhas e descascarão no mínimo entre 7 e 14 dias. Talvez algumas descamações necessitem de curativo cirúrgico na área ou em toda a pele submetida ao peeling.

É importante evitar, imediatamente após o peeling químico, exposição demasiada ao sol, já que a nova pele é frágil e muito mais suscetível a ser danificada. Seu dermatologista lhe indicará os cuidados apropriados para que a pele sare logo.

Quais são as possíveis complicações do peeling químico?

Em certos tipos de pele existe o risco de se desenvolver uma mudança de cor temporária ou permanente. As pílulas anticoncepcionais, gravidez ou história na família de descoloração castanha na face pode aumentar a possibilidade de se desenvolver uma pigmentação anormal. Uma vermelhidão persistente pode ocorrer durante meses.

Apesar de muito baixo, existe o risco de formar uma cicatriz após as descamações químicas. Se a cicatriz ocorrer, ela pode ser tratada com bons resultados. Existe uma pequena incidência de reativação de infecção de herpes labial ou simples em pacientes com história de formação de bolhas por causa de febre. Antes do peeling é importante que o paciente informe ao dermatologista qualquer caso de quelóide, tendência a cicatrizes anormais, raios-X, radiação na face ou herpes labial recorrentes, para que o médico possa tomar todas as precauções necessárias.

 

Quais são as limitações do peeling químico?

O peeling químico não remove pele flácida ou caída, já que não pode eliminar as fossas gravitacionais que produzem a pele flácida. Além do peeling, o paciente pode precisar de um levantamento da face, da sobrancelha, rejuvenescimento da pele por laser ou de outros procedimentos.

 

Peeling de fenol

Em geral, é seguro e eficaz com resultados duradouros. Produz uma queimadura química controlada e previsível de espessura parcial e raramente aparecem cicatrizes. A maior desvantagem deste tratamento é que seu período de recuperação é longo.

Indicações

As principais indicações deste peeling são: tratamento de rugas grossas e rugas em volta da boca. Indicado também para tratamento de lesões pré-cancerosas e manchas no dorso das mãos.

O peeling de fenol funciona bem na pele grossa e oleosa. Há maior tendência de aparecerem áreas de hiperpigmentação (manchas escuras) com este peeling. Em geral, os homens não são candidatos apropriados, porque sua pele mais espessa não responde tão bem. Não é o tratamento de primeira escolha para a acne. Em 48 horas começa a regeneração da epiderme, em geral concluída em 7 dias. A regeneração total de derme e epiderme ocorre por volta de 3 meses. É um tratamento perigoso para pacientes que sofrem do coração, por que pode desencadear arritmias cardíacas, devendo ser realizado apenas por médicos, obedecendo a todas as precauções necessárias. O pré-tratamento não está indicado. O fenol deve ser aplicado lentamente, para evitar uma absorção rápida, o que desencadearia os efeitos colaterais e aumentaria o risco de arritmias cardíacas.

Certa ardência pode ocorrer e o fenol deve ser aplicado com muito cuidado sobre as pálpebras, evitando o contato com as bordas. O inchaço mais intenso ocorre em 6-12h. Os olhos podem ficar inchados por 48 horas. Em geral, os pacientes podem usar maquiagem dentro de 10 a 15 dias. Iniciar o uso de filtro solar em 12-14 dias.

 

Peeling de ácido tricloroacético

Tem menos efeitos colaterais que o peeling de fenol e consegue tratar mais variedades de tipos cutâneos. Sua ação clareadora é menor e o risco de produzir uma má cicatrização também é menor. Tem menor ação que o fenol sobre a pele queimada pelo sol e seu efeito é menos marcante nas rugas faciais grossas, especialmente ao redor da boca. O pré-tratamento com Retin-A e hidroquinona a 4%, por 4-6 semanas antes do peeling , está indicado para potencializar seus efeitos.

 

Peeling de ácido glicólico

Os ácidos a-hidroxílicos são o ácido glicólico da cana de açúcar; o ácido láctico do leite azedado; o ácido cítrico das frutas cítricas; o ácido tartárico das uvas; e o ácido málico das maçãs. Podem ser encontrados em muitos cosméticos em concentrações baixas. Podem ser usados no pré-tratamento para peelings químicos e terapia a laser. Têm a ação de rejuvenescer o estrato córneo de forma semelhante à tretinoína. Em geral, são usados em peelings superficiais.

 

Dermoabrasão

Indicada principalmente no tratamento das rugas faciais grossas, principalmente as que se localizam em volta da boca e para as cicatrizes da acne. É realizada utilizando-se um esfoliador, que pode ser uma lixa grossa. Para efetuar este procedimento é necessário anestesia local ou geral. Em geral suas alterações são menos graves que depois dos peelings químicos. Este tipo de tratamento não induz ao aumento das fibras elásticas. Como precaução, deve-se evitar o uso de maquiagem por aproximadamente 10 dias. Em geral, a reepitelialização se conclui em 7 dias.

 

Tratamento a Laser

O laser está se tornando o tratamento preferido para a pele lesada pelo sol e rugas finas. Os tipos cutâneos I e II de Fitzpatrick respondem melhor com menos efeitos colaterais. Pessoas com pele tipo III correm maior risco de anormalidades da pigmentação. As que possuem peles tipos IV, V e VI em geral não são tratados com laser. Age melhorando a cor da pele, removendo a pele lesada e melhorando também sua textura, à medida que reorganiza o colágeno.

Todos os pacientes são tratados com Retin-A a 0,1%, aplicado diariamente por 1 mês antes da terapia com laser.

Comentários

Daphne Fontana

Gostaria de saber qual o tratamento mais indicado para pele com um pouco de acne ativa,porém com muitas manchas e muitas cicatrizes de acne.A pele está,também,com aspecto envelhecido para meus 34 anos. Obrigada.

Cerca de 4 anos atrás
Responder ese tópico

Clinica Da Vinci

Prezada Daphne, o laser de CO2 de alta potência melhora em ate 70% as cicatrizes do acne, isto em uma única aplicação. Para maiores detalhes agende uma consulta com o Dr Alberto Cesar Hodara. Curta nossa página do Facebook e fique por dentro de dicas sobre cirurgia plástica, saúde e beleza! www.facebook.com/clinicadavincidrhodara Clinica da Vinci - Dr A. C. Hodara

Cerca de 4 anos atrás
Responder ese tópico

Deixe um comentário