TRATAMENTO DE SUOR EXCESSIVO

Hiperidrose

Gestos simples, como um aperto de mão e um abraço, podem ser motivo de constrangimento para quem sobre de hiperidrose, que se trata da produção de suor em excesso. Ela pode ser motivo do surgimento de dificuldade no convívio profissional e também social.

Informações e Dúvidas Frequentes:

A hiperidrose atinge principalmente as regiões das palmas das mãos, axilas e plantas dos pés, podendo também atingir o couro cabeludo, face, entre outras regiões do corpo. Acredita-se que a hiperidrose, na maior parte dos casos, é causada por pré-disposição genética. Pessoas que sofrem com a produção de suor em excesso podem suar até cinco vezes a mais do que o normal, e isso pode atrapalhar muito as atividades do dia a dia. A produção de suor em excesso pode também ser provocada por algum desequilíbrio dos centros que regulam a temperatura corporal ou até por estímulos emocionais. Não se pode ainda dizer com certeza um motivo para o desencadeamento da hiperidrose. O tratamento da hiperidrose, sem cirurgia, pode ser feito através da aplicação de paralisante muscular temporário. Já tem mais de um século desde o descobrimento do paralisante muscular temporário. e a utilização dele é feito desde os anos 80. Trata-se de um complexo protéico, de origem biológica. Tem grande utilização para prevenção e tratamento de rugas dinâmicas, e poucas pessoas tem o conhecimento de que ela é também muito eficaz no tratamento da hiperidrose. Não é necessária internação para a realização desse procedimento. O tratamento é possível pois as glândulas sudoríparas quando em contato com a substância chamada de acetilcolina, liberam suor. O paralisante muscular temporário. age impedindo a liberação dessa substância, promovendo assim a redução de produção do suor.

O retorno as atividades diárias pode ser feito no mesmo dia da aplicação, na maior parte dos casos. Não é um tratamento definitivo, mas podem ser feitas reaplicações.

Comentários

Deixe um comentário