Abdominoplastia pós-operatório

BANHO

Não molhe a região da sutura por três semanas. O banho deve ser restrito às partes essenciais do corpo e o cabelo deve ser lavado separadamente.

CUIDADOS

Evitar por seis meses a exposição do abdome ao sol.

Evitar esforços.

Andar levemente curvada(o) durante 7 a 8 dias.

Obedecer a todas as orientações do seu médico.

Evitar subir escadas longas.

Retornar ao consultório para remoção ou troca dos curativos, nos dias e horários programados.

Evitar molhar o curativo.

Esclarecer todas as dúvidas somente com o cirurgião.

A partir do segundo dia, a alimentação é livre, priorizando a ingestão de proteínas e vitaminas, exceto em casos especiais.

Aguardar para fazer uma dieta ou regime de emagrecimento somente após orientação do seu médico.

MITOS E VERDADES

Não é possível corrigir o acúmulo interno de gordura no abdome (popular “barriga de chopp”) com a Abdominoplastia.

PONTOS

O organismo costuma absorver as suturas principais. Caso haja pontos no umbigo ou orifícios da lipoaspiração, esses poderão ser removidos.

CICATRIZ

A cicatriz da Abdominoplastia é planejada pelo cirurgião para ficar sob as roupas de banho, horizontalmente acima dos ossos púbicos. O tamanho pode variar de acordo com a correção feita.

A cicatriz apresenta alguns estágios, tais como:

PERÍODO IMEDIATO: Aparência discreta e bonita, até o primeiro mês.

PERÍODO MEDIATO: Após o período de um mês, até um ano, a cicatriz passa por um processo de espessamento natural, mudando de tonalidade, passando da cor rosada até cores mais claras. Os pacientes não devem se preocupar, pois em seguida a cicatriz diminuirá seus vestígios.

PERÍODO TARDIO: De um ano a um ano e meio após a Abdominoplastia, a cicatriz fica mais fina e clara, assumindo sua aparência definitiva. Por isso a avaliação dos resultados deve ser feita após um ano e meio.

EXERCÍCIOS

Nas primeiras semanas do período pós-operatório, o paciente não deve realizar esforços físicos, sob o risco de romper os pontos feitos na musculatura. Gradualmente, a rotina pode ser retomada. Já os exercícios físicos mais intensos, dependendo da dimensão da cirurgia, só podem ser reiniciados de dois a três meses após a Abdominoplastia.

TRABALHO

As atividades leves podem ser retomadas em uma semana. Já as atividades mais pesadas (movimentos e esforço), deverão ser iniciadas de duas a três semanas após o procedimento, de acordo com as orientações do cirurgião plástico.

RECUPERAÇÃO

O paciente pode voltar às suas atividades de forma parcial uma semana após a Abdominoplastia, já que o período para recuperação dessa cirurgia plástica é maior.

COMPLICAÇÕES

Somente o seu médico poderá avaliar os riscos que a sua cirurgia plástica envolve. A Abdominoplastia raramente apresenta complicações mais sérias, se realizada dentro dos padrões de segurança exigidos.

DOR

A remoção de excessos de pele e gordura do abdome não costuma trazer muitas dores ao paciente e o desconforto pode ser amenizado com analgésicos comuns, receitados pelo seu médico.

RESULTADOS

Os períodos de inchaço do corpo são normais nos primeiros meses após a Abdominoplastia, assim como a falta de sensibilidade temporária em áreas pequenas, a aparência esticada. Esses sintomas costumam regredir naturalmente e com o auxílio de exercícios de modelagem, sendo que o resultado definitivo pode ser atingido após um ano da realização da cirurgia plástica.

CURATIVOS

Apenas a equipe cirúrgica poderá manipular os curativos especiais usados na primeira semana, durante a revisão após a Abdominoplastia.