Blefaroplastia Pré-operatório

CUIDADOS

Evitar o fumo, ao menos, dois dias antes da cirurgia. O cigarro interfere na boa oxigenação dos tecidos e atrapalha a cicatrização.

Evitar administração de medicamentos antiinflamatórios à base de ácido acetilsalicílico (aspirina), por pelo menos duas semanas antes da cirurgia. Informar todos os medicamentos que estiver fazendo uso.

Evitar exposição solar prolongada por pelo menos duas semanas antes da cirurgia.

Tomar banho com sabonete antiséptico (ex. soapex), esfregando suavemente a face com esponja delicada, incluindo o couro cabeludo e o pescoço.

Não se deve usar maquiagem e nem esmalte nas unhas.

Manter-se em total jejum durante 6 horas antes da cirurgia.

É aconselhável trazer óculos escuros.

Comunicar qualquer distúrbio físico que possa ocorrer, até a véspera da intervenção.

ATO CIRÚRGICO

O ato cirúrgico da Blefaroplastia é realizado através de delicadas incisões na pálpebra superior e inferior. É possível retirar, ao mesmo tempo, as bolsas de gordura que tanto enfeiam o olhar.

INTERNAÇÃO

O período habitual de internação é de quatro a seis horas.

GRAVIDEZ

A Blefaroplastia não pode ser realizada em gestantes.

PESO

Evita-se o procedimento em quem deseja emagrecer muitos quilos após a cirurgia.

IDADE

Não há idade específica para a realização do procedimento. A correção das características familiares que provocam aspecto inestético nas pálpebras pode ser feita a qualquer tempo, conforme desejo do paciente. É aconselhável que as alterações decorrentes do envelhecimento da pele sejam corrigidas antes que evoluam por muito tempo.

ANESTESIA

Na maior parte dos casos de plástica palpebral, o paciente é operado sob anestesia local (com sedação adequada feita por equipe anestésica). É uma situação de conforto e segurança, que permite procedimentos em pessoas idosas ou com saúde moderadamente comprometida (hipertensos, diabéticos, etc.) desde que clinicamente compensados.